Arquivo | Neca Sparta RSS for this section

NECA SPARTA

Empilháveis IV

A idéia de reunir e empacotar revistas de arquitetura há muito tempo abandonadas da sua função e guardadas em um canto do seu atelier deu a artista a possibilidade de desenvolver o trabalho “Arquivos Mortos”. Como um desdobramento de experimentações anteriores, quando apropriava- se de todo tipo de objetos de rejeito ou restos da paisagem urbana na tentativa de trazê-los como indicadores de uma situação de criação artística proporcionou “sobrevida” e uma nova função a esse material que em algum momento da vida lhe foi útil é uma forma de questionar a relação que o homem tem com a efemeridade e transitoriedade das coisas e, também, da sua relação com a condição de finitude própria da natureza humana.

NECA SPARTA (Santo Ângelo – RS, 1948). Artista Plástica, graduada em Letras pela FIDENE e pós – graduada em Poéticas Visuais, Gravura, Fotografia e Imagem Digital pela FEEVALE com orientação de Lurdi Blauth. Reside e trabalha em seu atelier em Porto Alegre. Fez curso de orientação em pintura com Karen Lambrecht, em desenho com Plínio Bernhardt e Charles Watson, em papel machê com Denise Haesbaert e no Torreão com Jailton Moreira. Entre outros, estudou no Ateliê Livre da Prefeitura Municipal de Porto Alegre com Sandra Rey e Richard John. Atualmente freqüenta o GEF com Niúra Ribeiro, o curso Inquietações com Ana Flávia Baldisseroto e participa de grupos de orientação na Arena. Realizou as exposições individuais Presente Ausente, Espaço Arte 3, UNIVATES, Lajeado, RS em 2009, Presente Ausente, Galeria Iberê Camargo, Usina do Gasômetro, Porto Alegre, RS em 2008, Fragmentos, Galeria Modernidade, Novo Hamburgo, RS em 2002, Corpos em Movimento,Galeria Gravura, Porto Alegre, RS em 2001, Corpos em Movimento, Espaço Cultural Yázigi, Canoas, RS em 2000 e Figura Humana e Abstrações/Formas e Cores, Tribunal de Justiça, Porto Alegre em 1998.

Ficha Técnica
Instalação: “Arquivos Mortos”, 2009, 2 colunas vazadas de ferro de 24 x 28 x 240 cm; pilhas de revistas empacotadas.
Descrição: O trabalho consiste na construção de 2 estruturas vazadas de ferro montadas em forma de coluna (cada uma montada com 4 caneletas, num total de 8 que permitem a visualização do empilhamento do material empacotado e amarrado em plástico e cordão pretos. Os pacotes são carimbados com o rótulo de “arquivo morto”.

Anúncios