Arquivo | Maristela Winck RSS for this section

Maristela Winck

Empilhávies IV

Livro – “Palimpsesto Nº 2”.

Enquanto o tempo passa, percorre nossos espaços, visita nossos lugares mais intimistas, deixando vestígios nas paredes, nos objetos, nos papéis, nas fotografias e traz-nos pingos de alegrias e de dores.  São marcas deixadas em nossa memória por nossas vivências, sonhos realizados ou ilusões desfeitas. E o tempo passa, ajudando a construir nossa história, revistada e reconstruída pela nossa memória através do olhar sobre as fotografias, álbuns de família, documentos, livros…

Ao percorrermos esses espaços, assinalados por esse impiedoso tempo, encontramos as marcas de identidade de cada ser. Em cada lugar, em cada espaço, em cada objeto fica registrado um pouco de nós mesmos.

Palimpsesto 2 é um Objeto/ Livro de Artista em acrílico transparente onde cada página em placas de acrílico cristal transparente, tamanho 30cm x 30cm x 0,4cm são escritas em letras cursivas na cor prata e são agrupadas ou empilhadas umas sobre as outras a uma distância de 0,6 cm formando um livro que vai gradualmente aumentando suas páginas à medida que a pesquisa sobre o tema tempo/ passagem do tempo se desenvolve.

 

Atualmente conta com 8 páginas, 9 cm de altura. O livro lembra um palimpsesto porque as escritas são realizadas sobre as placas transparentes, mostrando sempre vestígios das escrituras anteriores. Remete aos antigos livros em pergaminho antes da descoberta da imprensa. Hoje, além da imprensa, contamos com livros totalmente virtuais.

 

Ficha Técnica

Objeto/ Livro de Artista

acrílico transparente

9cm x 30cm x 30cm

2010/2011

 

Maristela Winck (Pato Branco – PR, 1951). Trabalha com fotografia, objetos e instalações. É Licenciada em Letras, pós-graduada em Poéticas Visuais – ênfase em Fotografia, Gravura e Imagem Digital, pela Feevale, NH. Realizou as Individuais: em 2010, “Palimpsesto”, no Porão do Paço Municipal de Porto Alegre – RS e “Rituais”, na Galeria Iberê Camargo, da SMC de Porto Alegre, em 2008. Em 2005, “A Santa Ceia”, no Museu de Arte de Santa Catarina – MASC, Florianópolis – SC. Participou de coletivas, dentre elas em 2010, “Do Atelier ao Cubo Branco”, no MARGS, Porto Alegre – RS. Recebeu prêmios, dentre eles: Prêmio Porto Seguro de Fotografia/2008, Pesquisas Contemporâneas – Prêmio Aquisição, São Paulo – SP. Em 2007, Menção Honrosa, no Primeiro Salão de Arte 10×10, Fundarte, Montenegro – RS e, em 2006, 17º Salão de Artes Plásticas da Câmara Municipal de Porto Alegre – RS.