Arquivo | Leonardo Fanzelau RSS for this section

Leonardo Fanzelau

Empilháveis IV

“Ovo Brancusi” é uma reconfiguração da “Coluna sem fim” de Constantin Brancusi e a décima primeira obra de uma série iniciada com Ovo de Lascaux, seguida de citações a artistas/obras referencias da história da arte. Pelo buraco do Ovo de Lascaux é possível descobrir, gravado na parede interna do ovo, um dos animais da caverna. Trata-se de uma hipotética origem ovípara da arte, já que Lascaux define o primeiro capítulo dos livros didáticos de história da arte. A partir desta obra, surgiram as demais, sempre buscando relacionar as obras citadas com o ovo, matéria-prima recorrente de meus trabalhos.

 

Ficha Técnica

objeto – acrílico, compensado, ovo

70 x 22 x 22 cm

2011

 

Leonardo Fanzelau (Porto Alegre – RS, 1983). Formado em Artes Visuais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2008), com o projeto Passatempos Ocasionais, sob orientação da Profª. Dra. Mônica Zielinsky. Foi indicado duas vezes ao Prêmio Açorianos de Artes Plásticas, como destaque em escultura: em 2009 pela exposição individual Playground, na Galeria Iberê Camargo do Gasômetro – Porto Alegre, e em 2010 pela exposição Arte Como Questão, por ocasião do X Concurso de Artes Plásticas Contemporâneas do Goethe-Institut Porto Alegre. Sua primeira exposição foi como selecionado do 18º Salão Jovem Artista (2004), salão do qual participou também da vigésima edição (2008). Foi selecionado também em outros salões de arte, dentre os quais se destacam: 39º Salão de Arte Contemporânea Luiz Sacilotto [Santo André/SP], 2° Salão Fundarte/Sesc de Arte 10×10 [Montenegro/RS], 15° Salão UNAMA de Pequenos Formatos [Belém/PA], 18° Salão de Artes Plásticas Câmara Municipal [Porto Alegre/RS], 13° Salão dos Novos [Joinville/SC], 6° Salão Nacional de Arte [Jataí/GO] e VII Salão Elke Hering [Blumenau/SC]. No teatro, fez cenário de dois espetáculos da vai!ciadeteatro: PARASITAS é resultado de concurso promovido pela Secretaria Municipal da Cultura – PMPA em parceria com o Goethe-Institut Porto Alegre; e AGORA EU ERA é o primeiro espetáculo da Cia, contemplado com o Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz 2009.